Resenha do livro: Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática

  Título Original: Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática
  Nome dos Autores: Thalita Rebouças
  Número de Páginas: 272
  Editora: Arqueiro
  Nota Pessoal: 5/5

Sinopse:
Tetê acaba de se mudar com a família toda para Copacabana, no Rio de Janeiro, para a casa dos avós. O lindo e espaçoso apartamento da Barra da Tijuca em que morava teve que ser vendido, pois com a crise o pai foi demitido, e o resultado é que a vida dela virou de cabeça para baixo. Além de perder a privacidade, tendo que dividir o espaço com cinco parentes malucos que brigam o tempo todo, ela perdeu todas as suas referências. A única coisa que a deixa feliz é cozinhar. E, claro, comer as delícias que faz.
O lado bom foi se livrar do antigo colégio, no qual sofria bullying por causa de seu jeito peculiar. Sem contar sua desilusão amorosa... O problema é que ela está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola, e sem conhecer ninguém. E morre de medo de ser excluída ou de sofrer bullying novamente. Ela está bem mal, para dizer a verdade. Ou talvez seja um pouco de drama, porque já no primeiro dia as coisas parecem ser um pouco diferentes... Pelo jeito, tudo vai mudar, e para melhor.

    Gente que livro MARAVILHOSO, pelo amor de Getúliooooo (quem for ler vai entender kkk). Identifiquei-me muito com a Tetê, em quase todos os aspectos. Fiquei muito entretida na estória, até na aula eu ficava lendo, ansiosa para saber o que ia acontecer. Não parei de falar do livro e já indiquei para tooooodos que conheço. Tinha visto muitas resenhas negativas sobre ele e fiquei receosa de lê-lo, mas como prometi ao Neto (meu amigo do acordo) li, e me surpreendi! Ele até brinca dizendo que se não fosse por ele, eu não teria lido esse livro... E não vou negar... 
     Quando comecei a ler, tinha dificuldade de lembrar o nome todo do livro, então sempre que me perguntavam eu dizia que era quase uma redação do enem (de tão grande que acho) e depois dizia, mas nem sempre na ordem certa rsrsrs mas agora eu aprendi!!!
    Brasil, polo norte e China (leia e entenda), preciso de um Zeca na minha vida haha. Estou precisando de umas transformações e ninguém melhor que o Zeca para ajudar. É um tipo de amigo que se conhecer não se pode largar jamaaaais. Então, meninas, fiquem de olho, mais vale um Zeca do que um Erick em nossas vida ;)
    Uma das coisas que amei nesse livro são as receitas das comidas que a Tetê faz, e até deixei algumas marcadas para fazer depois haha. Assim como ela, amo cozinhar e, principalmente, comer o que faço.
    Esse livro, além de todos os momentos engraçados, traz um tema muito importante mas que alguns deixam de lado e até consideram como normal: o bullying. É um assunto que deveria ser mais bem trabalhado nas escolas, tanto com os alunos, quanto com os pais, pois estes também fazem bullying contra os filhos, às vezes sem perceber, pensando que estão fazendo o melhor pra eles...
    Espero que vocês, assim como eu, fiquem presos na leitura. Fazia tempo que isso não acontecia comigo, e mesmo tendo lido poucos livros esse ano posso dizer que esse é/vai ser um dos melhores!

Quote: "Porque no fundo todo mundo se sente um pouco excluído e mal-amado, todo mundo tem seu drama. [...] É  só entender que é apenas uma fase. Que passa. Pode até demorar, mas passa. Tudo passa." (Pág.: 267)

Compartilhe!

Deixe seu comentário!

2 comentários:

Dávila Vasconcelos. Tecnologia do Blogger.